quarta-feira , 21 fevereiro 2024
Lar Últimas notícias Laudo aponta causa da morte de jovem após encontro com jogador do Corinthians
Últimas notícias

Laudo aponta causa da morte de jovem após encontro com jogador do Corinthians

O atestado de óbito de Lívia Gabriela da Silva Matos, estudante de 19 anos que morreu após ter relação sexual com um jogador da base do Corinthians, aponta que a jovem teve uma “rutura de fundo de saco de Douglas com extensão à parede vaginal esquerda”.

A jovem passou mal no apartamento do atleta e teve quatro paradas cardíacas por causa de um sangramento intenso na região íntima. Dimas Cândido de Oliveira acionou o SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) quando percebeu que Lívia tinha desmaiado.

O Saco de Douglas, também conhecido como espaço retouterino, é uma cavidade localizada entre o reto e o útero da mulher. Já a “rutura” significa que no local havia uma ruptura ou corte.

A médica ginecologista Karoline Landgraf explicou, em um vídeo publicado nas redes sociais, que esses casos não são incomuns e podem acontecer em relações consentidas e inconsentidas:

“Esse caso chamou muita atenção, mas todo ginecologista já atendeu algum caso de laceração pós-coito na sua carreira.Não é incomum. Eu já atendi no mínimo 10 casos durante a residência em ginecologia. A perda de sangue pode ser intensa a depender da profundidade da lesão (pelo que foi noticiado, essa jovem teve uma lesão de 5 cm) e causar hipovolemia. E a hipovolemia é uma causa importante de parada cardíaca”, afirma a médica.

“Esse caso chamou muita atenção, mas todo ginecologista já atendeu algum caso de laceração pós-coito na sua carreira.Não é incomum. Eu já atendi no mínimo 10 casos durante a residência em ginecologia. A perda de sangue pode ser intensa a depender da profundidade da lesão (pelo que foi noticiado, essa jovem teve uma lesão de 5 cm) e causar hipovolemia. E a hipovolemia é uma causa importante de parada cardíaca”, afirma a médica.

Segundo a Polícia Militar, o jogador relatou que ele e Lívia Gabriele da Silva Matos se conheceram por meio de uma rede social e mantiveram contato por cerca de um mês. O encontro de terça era o primeiro entre eles.

Em nota, o Corinthians afirmou estar ciente dos acontecimentos que envolveram um de seus atletas da base e que aguarda a investigação do caso.

Disse, ainda, que está à disposição para colaborar com as autoridades e as famílias. O advogado Tiago Lenoir, que defende o jogador, afirmou que o atleta prestou socorro e não houve crime.

De acordo com a PM, o jogador declarou que a mulher começou a sangrar e desmaiou durante a relação sexual e ele chamou o Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência).

“A gente foi acionado no plantão noturno para verificar uma entrada no PS Tatuapé. Tratava-se de uma menina de 19 anos que teve quatro paradas cardiorrespiratórias seguidas. Uma no local, uma na viatura do Samu e duas já no PS Tatuapé, evoluindo a óbito. Ela tinha um forte sangramento na região íntima”, disse o tenente da PM Lucas Sarri, em entrevista à TV Globo.

A PM foi acionada no PS por volta das 21h30 por causa da morte considerada suspeita. Os militares levaram o jogador e um amigo dele de 17 anos até o 30º DP (Tatuapé). Esse amigo também é jogador do Corinthians, mas não estava no apartamento. Ele foi chamado por Dimas no PS para dar apoio e para levar um carregador de celular.

De acordo com o boletim de ocorrência, o jogador declarou que não usaram drogas, nem bebida alcoólica e mantiveram relações sexuais sem uso de qualquer objeto.

“O Dimas está na condição de testemunha. Foi convidado a prestar depoimento e liberado. A gente está aguardando o resultado da necropsia que vai apontar a causa da morte. Não tem nenhum vestígio de crime, o Dimas não cometeu crime algum”, disse o advogado Tiago Lenoir.

“Eles tiveram relação sexual consentida, com uso de preservativo. Ele percebeu que ela desmaiou, chamou o Samu, fez massagens cardíacas, continuou ajudando depois que o Samu chegou e acompanhou até o hospital”, afirmou Lenoir.

A SSP (Secretaria da Segurança Pública) disse que na residência do jogador havia manchas de sangue. O local foi preservado para perícia. O caso foi registrado como morte suspeita no 30° DP. O caso foi repassado para a 5ª DDM (Delegacia de Defesa da Mulher). A equipe da unidade já ouviu algumas pessoas.

Ainda de acordo com a SSP, foi realizada perícia no apartamento do jogador, bem como exames de corpo de delito. Os laudos estão em fase de elaboração e serão analisados pela delegada responsável assim que ficarem prontos. As investigações prosseguem.

Pai da jovem acionou a PM

O pai da jovem, um policial militar aposentado, e o jogador do time sub-20 do Corinthians se desentenderam enquanto Matos ainda era atendida pela equipe médica.

De acordo com o boletim de ocorrência, ele recebeu a informação por parte da equipe do hospital de que a filha tinha uma fissura vaginal de cinco centímetros. Ele conheceu o jogador e conversaram. Porém, o jovem avisou que tinha ligado para o pai -que mora em Minas Gerais- e ele teria comprado uma passagem para o jogador viajasse para o estado às 23h desta terça (30).

Nesse momento, o policial disse que o jogador, diante daquela situação, deveria permanecer no local, “chegaram inclusive a se desentender no hospital, por esse motivo acionou a viatura”, traz trecho do registro policial.

O advogado Tiago Lenoir rechaçou as declarações. “Isso não procede. Ele comprou a passagem antes [do ocorrido]. Ele quem chamou o Samu e acompanhou tudo.”

Segundo a assessoria do Corinthians, o militar aposentado é prestador de serviço de uma empresa terceirizada que atua na segurança do Centro de Treinamento do time.

(Com informações de FRANCISCO LIMA NETO/ FOLHAPRESS).

Deixe um comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos Recentes

Categorias

Artigos relacionados

Uber indenizará passageiro por atraso provocado por motorista

A 22ª Câmara de Direito Privado do Tribunal de Justiça de São...

SENAI abre 446 vagas para cursos técnicos gratuitos em Natal e Mossoró

O SENAI do Rio Grande do Norte anunciou a abertura de 446...

Celulares roubados por foragidos emitiram último sinal na divisa entre Ceará e RN

O último sinal foi emitido no último sábado (17), horas após os...

A Polícia Civil do Rio Grande do Norte está investigando uma denúncia...