Cultura no chão da escola: Prefeitura de São Gonçalo inicia projeto para valorização da cultura municipal

 Cultura no chão da escola: Prefeitura de São Gonçalo inicia projeto para valorização da cultura municipal

São Gonçalo do Amarante/RN é o berço da cultura popular do Rio Grande do Norte. Buscando preservar essa memória e garantir sua perpetuação, a Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Educação (SME) promoveu um roteiro cultural com os professores de artes e coordenadores das 53 escolas do município, nesta sexta-feira (3). A programação faz parte do projeto “Cultura no chão da Escola”, desenvolvido pela secretaria, junto às escolas municipais.

A visitação aos pontos turísticos foi regada a muita cultura: com dança, música e histórias. E é justamente essa cultura diversificada que a SME quer levar para dentro das escolas. “São Gonçalo possui uma importante e belíssima cultura, disseminada em todo estado. Esse projeto surge da necessidade de garantir a transferência desses saberes para as demais gerações. Então, imaginamos que uma das formas de fazer isso é mostrar para os professores e coordenadores pedagógicos, além daquilo que eles já conhecem, as raízes da cultura de nossa cidade. Dessa forma, a gente espera que eles levem essa informação para a comunidade escolar e transmitam que há um conhecimento que precisa ser valorizado, ensinado e repassado ao longo dos anos”, destaca Othon Militão, secretário municipal de Educação.

O início do passeio aconteceu no monumento do Galo Branco de Dona Neném, em Santo Antônio. Lá, os presentes puderam conhecer um pouco da história e importância do monumento , que é símbolo do folclore do estado, sua origem e referências. O grupo Coco de Calemba se apresentou e contagiou a todos. Ainda em Santo Antônio, os professores e coordenadores foram visitar o Mercado de Artesanato, e puderam conhecer um pouco sobre o processo de fabricação das peças. Seu José Santana, artesão, foi o responsável por essa apresentação e falou da importância de momentos como esse. “É uma alegria saber que esse conhecimento sobre artesanato vai chegar a muitas pessoas, trabalho pelo qual me apaixonei e com o qual sobrevivo até hoje”, contou.

+ Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *