quarta-feira , 21 fevereiro 2024
Lar Internacional Líder supremo do Irã promete ‘dura resposta’ a dupla explosão que matou 103 pessoas
Internacional

Líder supremo do Irã promete ‘dura resposta’ a dupla explosão que matou 103 pessoas

O líder supremo do Irã, aiatolá Ali Khamenei, prometeu nesta quarta-feira uma “dura resposta” à explosão que matou pelo menos 103 pessoas no sul do país. Ao menos 141 ficaram feridas após duas bombas explodirem próximo ao local de sepultamento do general Qassem Soleimani, onde acontecia uma procissão em homenagem aos quatro anos da morte do militar, assassinado pelos EUA em 2020.

“Os inimigos malvados e criminosos da nação iraniana voltaram a criar um desastre e martirizaram um grande número de pessoas queridas em Kerman”, declarou Khamenei em um comunicado, acrescentando que “este desastre terá uma dura resposta, se Deus quiser”.

Mais cedo, o presidente iraniano, Ebrahim Raisi, também condenou o atentado e disse que os autores “deste ato covarde em breve serão identificados e castigados por seu ato odioso pelas capazes forças de segurança e da ordem pública”.

“Os inimigos da nação devem saber que tais ações nunca poderão perturbar a sólida determinação da nação iraniana”, afirmou Raisi em um comunicado.

O caso está sendo tratado como “ataque terrorista” pela TV estatal iraniana, mas nenhum grupo extremista reivindicou a autoria das ações até o momento. O governo decretou luto nacional.

“Na sequência do incidente terrorista em Kerman, o governo declarou amanhã (quinta-feira) um dia de luto público em todo o país”, anunciou a televisão estatal nesta quarta-feira.

As explosões aconteceram com cerca de 10 minutos de diferença uma para a outra, segundo a Tasnim, uma agência de notícias semioficial do Irã associada à Guarda Revolucionária. Multidões se reuniam para celebrar o quarto aniversário da morte de Soleimani, morto aos 62 anos em um ataque por drone dos EUA na saída do Aeroporto Internacional de Bagdá, no Iraque, em 2020. Na época, o então presidente dos EUA, Donald Trump, afirmou que foi uma resposta aos ataques contra interesses americanos em solo iraquiano.

As bombas foram posicionadas próximo à mesquita Saheb al-Zaman, onde está localizado o túmulo de Soleimani, na cidade de Kerman, no sul do Irã. Imagens na Internet mostraram multidões tentando fugir do local enquanto a equipe de segurança isolava a área. A televisão estatal mostrou ambulâncias e equipes de resgate no local.

De acordo com Babak Yekta Parast, porta-voz da organização de Serviços de Emergência Nacional do Irã, o número de pessoas mortas nas explosões deve aumentar ainda mais nas próximas horas.

Deixe um comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos Recentes

Categorias

Artigos relacionados

Lula vê Israel escalando crise e decide não se desculpar por fala

O presidente Lula decidiu que não fará, pelo menos por ora, qualquer novo discurso...

O “Lobo Polar” da Sibéria. A prisão onde morreu Navalny

“Lobo Polar”. É assim que é conhecida a prisão na Sibéria onde...

Juiz ordena que Trump e suas empresas paguem R$ 1,7 bilhão em caso de fraude civil

O juiz Arthur Engoron ordenou que o ex-presidente dos Estados Unidos Donald...