quinta-feira , 29 fevereiro 2024
Lar Cidade Ministério da Saúde alerta para medidas de prevenção contra Infecções Sexualmente Transmissíveis
Cidade

Ministério da Saúde alerta para medidas de prevenção contra Infecções Sexualmente Transmissíveis

O uso de preservativos é tema da campanha de carnaval do Ministério da Saúde. A Pasta alerta os foliões de todo o Brasil sobre a prevenção contra as Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs), para garantir um período de festas seguro. As camisinhas são disponibilizas gratuitamente pelo Sistema Único de Saúde e podem ser adquiridas nas Unidades de Saúde em todos os estados brasileiros.

Mas os cuidados vão além da prevenção, alerta a a Coordenadora-Geral de Vigilância das Infecções Sexualmente Transmissíveis do Ministério da Saúde, Pamela Cristina Gaspar. Os exames para detecção de ISTs e a vacinação também são fundamentais para garantir a saúde de todos. Os serviços estão disponíveis no SUS.

 

“Durante o carnaval, o Ministério da Saúde lança essa campanha nacional para conscientizar a população sobre a importância da prevenção das Infecções Sexualmente Transmissíveis, que este ano, traz como slogan Carnaval: respeito e proteção tem que ter. Essa iniciativa vai lembrar os foliões que a proteção é uma peça fundamental para a festa, lado a lado com o respeito”, destacou.

À Agência Gov, a coordenadora explica que há diversas formas de cuidar da saúde sexual, mas reforça a importância de usar preservativo. “Como o próprio nome diz, as ISTs são transmitidas por via sexual, seja oral, vaginal ou anal. A sífilis, a clamídia e a gonorreia são exemplos. O uso do preservativo interno ou externo é uma forma muito importante de prevenção, e estão disponíveis nas unidades de saúde do SUS de maneira gratuita”, disse.

Pamela Gaspar lembra também que, desde o final de 2023, o Ministério da Saúde retomou a distribuição de gel lubrificante para estados e municípios, como forma de prevenção, sobretudo no sexo anal. “Isso porque o uso do gel diminui o atrito e a formação de microlesões que facilitariam a entrada de agentes causadores das ISTs”, explica.

Deixe um comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos Recentes

Categorias

Artigos relacionados

Polícia Civil deflagra Operação Decreto II em Caicó; cinco pessoas são presas

Policiais civis da Delegacia Especializada em Furtos e Roubos (DEFUR/Caicó) deflagraram, nesta...

Turista morre afogado na Praia de Ponta Negra em Natal

Um turista de 69 anos morreu afogado na praia de Ponta Negra,...

Natal apresenta pontos de alagamentos devido às fortes chuvas

Devido às fortes chuvas que ocorrem nesta terça-feira (27), a capital potiguar...

Previsão aponta chuvas até domingo no RN

O Sistema de Monitoramento da Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande...