quinta-feira , 29 fevereiro 2024
Lar Política Depois do Detran, outros órgãos podem ter substituições no RN; veja a coluna de Opinião
Política

Depois do Detran, outros órgãos podem ter substituições no RN; veja a coluna de Opinião

A governadora Fátima Bezerra, sem chamar a atenção, começou a promover mudanças em seu segundo governo. Nas últimas horas, foi exonerado, da direção-geral do Detran-RN, Jonielson Oliveira, um indicado do PSB do ex-deputado Rafael Motta. Assumiu a vaga Hugo Leonardo da Silva, que era o diretor do Instituto de Pesos e Medidas do Rio Grande do Norte (Ipem-RN). O indicado de Rafael não ficou desempregado. Ele foi nomeado diretor-técnico do Idema, na cota do PT.
Hugo Leonardo da Silva foi indicado para o Detran-RN pelo deputado estadual Kleber Rodrigues (PSDB), que tem forte liderança no Agreste e Região Metropolitana de Natal.
Já o Ipem-RN passou a ser liderado por um indicado do deputado estadaul Ivanilson Oliveira (União brasil). Hugo Leonardo é primo do ex-senador José Agripino Maia, presidente estadual do União Brasil e sempre presente nas gestões da ex-prefeita Rosalba Ciarlini em Mossoró.

CALADO

No Centro Administrativo, uma pasta começa a ser cobiçada: a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, hoje ocupada por Jaime Calado (PSD). Atualmente, Jaime trabalha para derrotar o prefeito de São Gonçalo do Amarante, Eraldo Paiva, maior gestor do PT no RN. Jaime diz que será candidato a prefeito e obrigatoriamente sairá da pasta até o fim de março.

ESTRATÉGIA

O PSD, controlado por Jaime Calado, esposo da senadora Zenaide Maia, mapeou todas as cidades em que o PT tem interesse. Com isso, tem lançado nomes para rivalizar. É o caso de Carlos Eduardo Alves em Natal (contra Natália Bonavides) e Allyson Bezerra em Mossoró (contra Isolda Dantas), além do próprio Jaime em São Gonçalo contra Eraldo. Em Ceará-Mirim, Jaime e Zenaide vão apoiar o candidato do prefeito Júlio César, aliado do PSD. Trata-se de Antônio Heneique, assessor do deputado federal Robinson Faria (PL), que só terá compromissos com Robinson e Zenaide, além de ajudar a eleger Júlio César deputado estadual em 2026.

MULETA

Ontem, o prefeito Álvaro Dias e a secretária Joanna Guerra, pré-candidata a prefeita, foram cumprir agenda juntos na obra do empreendimento residencial Morar Bem Pajuçara, paralisada há sete anos e que agora será retomada pela Prefeitura. São 176 apartamentos que beneficiarão igual número de famílias. O empreendimento é do programa Minha Casa, Minha Vida e a previsão para a conclusão é de 18 meses. Ou seja, em 2025 será entregue.

AJUSTES

O Governo Fátima prepara um pacote de iniciativas para recompor receitas que deverão ser reduzidas quando a alíquota modal do ICMS retornar aos 18% no próximo mês. O secretário de Fazenda, Carlos Eduardo Xavier, adianta que renúncias fiscais serão reavaliados. Isso inclui os regimes especiais que abrangem diferentes segmentos, como querosene de aviação, carcinicultura, pesca, transporte público, hotéis, bares e restaurantes.

GRITA

Entidades patronais que foram contra a manutenção do ICMS em 20% agora ecoam vozes negativas contra a retirada de incentivos. O presidente da Fiern, Roberto Serquiz, alegou o risco de comprometer o crescimento da indústria. O presidente da Associação Brasileira da Indústria dos Hoteis (ABIH), Abdon Gosson, acredita que a retirada de incentivos vai impactar negativamente no turismo, que tem mais de 52 outras atividades correlacionadas. A população que usa o transporte público deverá ser atingida com aumento de tarifa.

MISTÉRIO

O senador Styvenson Valentim (Podemos) até agora não mostrou o vídeo votando na indicação de Flávio Dino para ministro do Supremo Tribunal Federal (STF). Esta é a segunda vez que Styvenson fica em silêncio em indicações de ministros do STF. Na indicação de Cristiano Zanin, no meio do ano, ele também não se posicionou. O capitão disse que tinha um vídeo do momento do voto e que ainda não tinha publicado.

CARTILHAS

O TCE-RN manteve a suspensão do Contrato 28/2019, celebrado entre a Secretaria Estadual de Educação (Seec) e o Centro Brasileiro de Educação e Cidadania (Cebec), para o fornecimento de cartilhas sobre o tema da cidadania. O contrato contemplou a aquisição de 129 mil cartilhas “Cidadania A-Z”, pelo valor unitário de R$ 30, totalizando R$ 3,8 milhões, dos quais R$ 1,8 milhão já foi pago.

Deixe um comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos Recentes

Categorias

Artigos relacionados

Após ameaças, Boulos troca Celta por carro blindado

O deputado federal Guilherme Boulos (PSOL-SP), pré-candidato à Prefeitura de São Paulo,...

Luiz Almir se prepara para retorno à Câmara Municipal de Natal nas eleições de 2024

O experiente ex-vereador e deputado, Luiz Almir, conhecido como o “comunicador do...

VÍDEO: Vereador Anderson Barbosa Presta Contas de Mandato e Avança em Projetos para Extremoz

Em Extremoz, o vereador Anderson Barbosa está se destacando não apenas por...

Comissão de Segurança Pública do Senado realiza audiência secreta para discutir fuga em Mossoró

A Comissão de Segurança Pública do Senado realiza nesta terça-feira (27) uma...