quinta-feira , 29 fevereiro 2024
Lar Internacional Mulher condenada por tráfico internacional de pessoas no RN é extraditada
Internacional

Mulher condenada por tráfico internacional de pessoas no RN é extraditada

Uma mulher 38 anos que fazia parte de um esquema de tráfico internacional de pessoas no RN foi extraditada na quinta-feira (21) e está presa no Centro de Detenção Provisório de Parnamirim, onde se encontra à disposição da Justiça.

De acordo com as investigações, a mulher condenada por tráfico internacional de pessoas fazia parte de uma rede criminosa destinada a selecionar e ludibriar jovens mulheres potiguares sob falso argumento de trabalharem como dançarinas em clubes espanhóis, mediante a proposta ilusória de ganharem muito dinheiro, quando na verdade, elas eram aliciadas e enviadas para exploração sexual em boates da Espanha.

Ela é alagoana e foi condenada em 2018 pela Justiça Federal no Rio Grande do Norte a 5 anos e 4 meses de reclusão por tráfico internacional de pessoas mediante grave ameaça e fraude. O mandado de prisão foi expedido pela 14ª Vara/JF/RN.

A investigação que resultou nessa prisão e condenação da mulher por tráfico internacional de pessoas no RN remonta ao ano de 2006, quando foi instaurado um inquérito policial que motivou a deflagração da Operação Cristal Vermelho, oportunidade em que a Polícia Federal em Natal passou a investigar a existência da rede criminosa.

Após a condenação, a alagoana teve o seu nome incluído na Difusão Vermelha da Interpol e passou a ser procurada. No início de 2023, ela foi localizada e presa pela polícia espanhola, mas foi solta provisoriamente e ficou desaparecida até o mês de novembro último, quando foi novamente localizada e detida naquele país.

Escoltada do exterior por policiais federais da Diretoria de Cooperação Internacional (DCI) e da Superintendência da PF em Natal, a envolvida desembarcou no aeroporto internacional Aluízio Alves em São Gonçalo do Amarante/RN e foi submetida a exame de corpo de delito no Instituto Técnico-Científico de Perícia (ITEP), antes de seguir, sob custódia, para o Centro de Detenção Provisório de Parnamirim.

Deixe um comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos Recentes

Categorias

Artigos relacionados

Lula faz comparação mentirosa e acusações absurdas, diz Rafaela Treistman

No Papo Antagonista desta terça-feira, 27, Felipe Moura Brasil e Carlos Graieb...

Helicóptero cai em área residencial da cidade colombiana de Medellín

Um helicóptero caiu nesta segunda-feira (26) em uma área residencial do bairro...

Israel encontra túnel de 10 km que liga norte ao sul da Faixa de Gaza

O Exército israelense divulgou uma série de imagens editadas nesta segunda-feira (26)...

Lula vê Israel escalando crise e decide não se desculpar por fala

O presidente Lula decidiu que não fará, pelo menos por ora, qualquer novo discurso...