Lar Internacional Mulher condenada por tráfico internacional de pessoas no RN é extraditada
Internacional

Mulher condenada por tráfico internacional de pessoas no RN é extraditada

Uma mulher 38 anos que fazia parte de um esquema de tráfico internacional de pessoas no RN foi extraditada na quinta-feira (21) e está presa no Centro de Detenção Provisório de Parnamirim, onde se encontra à disposição da Justiça.

De acordo com as investigações, a mulher condenada por tráfico internacional de pessoas fazia parte de uma rede criminosa destinada a selecionar e ludibriar jovens mulheres potiguares sob falso argumento de trabalharem como dançarinas em clubes espanhóis, mediante a proposta ilusória de ganharem muito dinheiro, quando na verdade, elas eram aliciadas e enviadas para exploração sexual em boates da Espanha.

Ela é alagoana e foi condenada em 2018 pela Justiça Federal no Rio Grande do Norte a 5 anos e 4 meses de reclusão por tráfico internacional de pessoas mediante grave ameaça e fraude. O mandado de prisão foi expedido pela 14ª Vara/JF/RN.

A investigação que resultou nessa prisão e condenação da mulher por tráfico internacional de pessoas no RN remonta ao ano de 2006, quando foi instaurado um inquérito policial que motivou a deflagração da Operação Cristal Vermelho, oportunidade em que a Polícia Federal em Natal passou a investigar a existência da rede criminosa.

Após a condenação, a alagoana teve o seu nome incluído na Difusão Vermelha da Interpol e passou a ser procurada. No início de 2023, ela foi localizada e presa pela polícia espanhola, mas foi solta provisoriamente e ficou desaparecida até o mês de novembro último, quando foi novamente localizada e detida naquele país.

Escoltada do exterior por policiais federais da Diretoria de Cooperação Internacional (DCI) e da Superintendência da PF em Natal, a envolvida desembarcou no aeroporto internacional Aluízio Alves em São Gonçalo do Amarante/RN e foi submetida a exame de corpo de delito no Instituto Técnico-Científico de Perícia (ITEP), antes de seguir, sob custódia, para o Centro de Detenção Provisório de Parnamirim.

Deixe um comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos relacionados

STJ vê conduta desleal no uso de links patrocinados do Google

A Terceira Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) manteve a decisão...

Asteroide do Juízo Final: O evento celestial da década

Um evento celestial raro está prestes a ocorrer nesta semana, capturando a...

Milei evita Lula e deve vir ao Brasil pela 1ª vez para encontro com Bolsonaro

O presidente da Argentina, Javier Milei, deverá vir ao Brasil no próximo...

Avião faz pouso de emergência no Aeroporto de São Gonçalo do Amarante

Um avião da companhia aérea Air Europa realizou, durante a madrugada desta...