Lar Últimas notícias Polícia Civil: suspeito de matar psicóloga queria informações sobre ex-namorada
Últimas notícias

Polícia Civil: suspeito de matar psicóloga queria informações sobre ex-namorada

O suspeito de matar a facadas a psicóloga Fabiana Maia Veras, em Assu, teve uma relação amorosa no passado com uma amiga da profissional e procurou a vítima para obter informações sobre a ex-namorada. Essa é principal linha de investigação do crime por parte da Polícia Civil. O homem é servidor público do Tribunal de Justiça do RN (TJRN) e estava afastado do trabalho, confirmou a Polícia Civil.

Segundo as informações da Polícia Civil, só a investigação vai confirmar a motivação do crime por parte do servidor do TJ, mas apurações preliminares dão conta de que o objetivo do suspeito era obter informações dessa amiga da vítima, que teria sido aconselhada pela psicóloga no passado.

“A suspeita inicial é de que ele provocou esse contato com a vítima através de redes sociais. O objetivo dele era passional mas era com outra pessoa. O intuito dele realmente era ter informações da ex através da psicóloga”, declarou o delegado Márcio Lemos, da DHPP.

A investigação está com a Delegacia de Polícia Civil de Assu e pela Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). “A investigação ainda vai dizer o grau de envolvimento entre a vítima e o suspeito. Nós apreendemos o celular dele. Vou representar pela extração dos dados e com autorização judicial vou entregar para um analista que fará a análise dos dados e entregar um relatório A partir de conversas que acredito que tenha com a vítima, aí vamos ter a informação mais precisa”, acrescentou o delegado Valério Kurten, de Assu.

O homem suspeito de cometer o assassinato contra a psicóloga de 42 anos foi preso nesta quarta-feira (24) após operação da PCRN. Ele foi preso em um condomínio de Nova Descoberta e chegou a descartar itens utilizados no homicídio dentro desse condomínio. Policiais chegaram a encontrar uma arma, gandolas e socos ingleses, entre outro equipamentos. Ainda segundo o delegado Márcio Lemos, o suspeito não confessou o crime e chegou a ameaçar os policiais.

Diversos vestígios que podem ter ligação com o crime foram encontrados e serão analisados em diferentes setores do Instituto. “Encontramos diversos vestígios, muitos com sangue impregnado. Dentro do carro, encontramos uma bolsa com três facas, dois socos inglês e uma pistola com sangue. Na escada até o imóvel, encontramos um rastro de sangue. E dentro do apartamento encontramos mais manchas de sangue e dois calçados”, destacou o perito criminal Moab Araújo, que esteve presente na perícia realizada.

O crime
A mulher, identificada como Fabiana Maia Veras, foi encontrada morta dentro de uma residência em Assu, na região Oeste Potiguar, durante o fim da tarde dessa terça-feira. De acordo com a Polícia Militar, o corpo da vítima estava amarrado e com sinais de violência, apontando uma possível luta corporal.

Câmeras do Circuito Fechado de Televisão (CFTV) da residência da psicóloga, cedidas pela Polícia Militar, mostram que por volta das 16h40 um homem de estatura baixa, forte, vestido com uma camisa social, calça jeans, luvas e rosto coberto com pano árabe aguardava na frente do local. Ela demora a reconhecê-lo, mas mesmo assim abre a porta.

Após o homem entrar, a vítima mostra a clínica, que funcionava no mesmo local, e ao mesmo tempo demonstrava estar surpresa com as roupas dele. Eles entraram em um quarto da residência e após 20min o homem sai com um pano coberto de sangue e fica aguardando um veículo do tipo Peugeot Sedan na cor preta e sem calotas.

Horas antes do crime, a psicóloga publicou um vídeo nas redes sociais falando com os seguidores sobre a importância da positividade e a importância de evitar falar palavras negativas sobre si. Fabiana era bastante ativa no Instagram, com dicas de saúde mental e mostrando a rotina intensa de treinos.

Deixe um comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos Recentes

Categorias

Artigos relacionados

Prefeitura de São Gonçalo avança em projetos de pavimentação

A Prefeitura de São Gonçalo do Amarante está executando um amplo projeto de pavimentação...

Inmet emite alerta de vendaval para o Rio Grande do Norte

O Instituto Nacional de Meteorologia emitiu alerta de vendaval para o Rio...

Bancos têm instabilidade após apagão cibernético e clientes reclamam nas redes

Alguns bancos e fintechs brasileiros apresentavam problemas em seus aplicativos nesta sexta-feira...

Deputado Luiz Eduardo fica ferido após grave acidente na BR-101; trecho foi interditado

Um grave acidente envolvendo três veículos sendo dois caminhões e um carro...