Lar Esportes Quatro atletas do RN são chamados na primeira lista para Paris
Esportes

Quatro atletas do RN são chamados na primeira lista para Paris

O Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB) anunciou nesta terça-feira, 25, a convocação de 124 atletas de 10 modalidades que representarão o Brasil nos Jogos Paralímpicos de Paris 2024, que acontecerão de 28 de agosto a 8 de setembro. A convocação de toda a delegação brasileira será realizada em três partes. Os demais nomes dos atletas que vão competir na capital francesa serão anunciados nos próximos dias 11 e 18 de julho. Nesta primeira lista quatro potiguares: Cecília Araújo da natação, Adriana Azevedo da canoagem e Romário Marques e Geovana Moura do Goalball.

Cecília teve paralisia cerebral no momento de seu nascimento, o que limita os seus movimentos. Como forma de fisioterapia, conheceu a natação e se apaixonou pelo esporte. A potiguar brilhou na disputa do World Series de Natação na França e segue como melhor do mundo na prova dos 50m livre. Ela é a atual tricampeã mundial da prova e ganhou o ouro na França.

Além de atletas, já estão convocados para as Olimpíadas de Paris, os médico Roberto Vital e Leonardo Morais (vôlei sentado), além da enfermeira Francisca Marques da Silva para a equipe médica.

“Representar um país em uma edição de Jogos Paralímpicos marca a vida de qualquer atleta. Por isso, hoje assinala uma jornada importante que trouxeram milhares de atletas rumo ao sonho da convocação para representar milhões de brasileiros. Temos certeza de que será uma das mais importantes participações do Brasil em Jogos Paralímpicos. Os nossos atletas, com certeza, farão história na cidade-luz”, afirmou Mizael Conrado, bicampeão paralímpico no futebol de cegos (Atenas 2004 e Pequim 2008) e presidente do CPB.

Ainda serão realizadas as convocações de mais nove modalidades (atletismo, bocha, ciclismo, halterofilismo, judô, remo, tiro esportivo, tiro com arco e triatlo) no dia 11 de julho, também em live no Youtube. Já os atletas do tênis em cadeira de rodas serão anunciados sete dias depois.

Na história dos Jogos Paralímpicos, o Brasil já conquistou 373 medalhas (109 de ouro, 132 de prata e 132 de bronze), ou seja, está a 27 do seu 400º pódio no evento. Na última edição, Tóquio 2020, o país fez a sua melhor campanha com 72 medalhas no total, a mesma quantidade obtida nos Jogos do Rio 2016. Destas, 22 foram de ouro, superando as 21 de Londres 2012. Ainda foram mais 20 pratas e 30 bronzes no Japão.

Tribuna do Norte

Deixe um comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos relacionados

FNF acata medida e suspende torcida organizada do ABC

A Federação Norte-Rio-Grandense de Futebol (FNF) comunicou, na noite desta quinta-feira (19),...

Argentina e Colômbia se enfrentam pela final da Copa América neste domingo; saiba onde assistir

Argentina e Colômbia se enfrentam na final da Copa América no Hard Rock Stadium,...

América vence fora de casa e é vice-líder do Brasileirão de Futsal

Em uma grande apresentação fora de casa na noite deste sábado (6),...

América-RN tem força máxima para encarar o Potiguar; veja provável time

O América-RN finalizou na manhã desta terça-feira a preparação para encarar o...